Graduação | Informações gerais

Titulação: Farmacêutico
Duração: 11 semestres
Turno: Diurno
Vagas: 110 vagas
Local: Faculdade de Farmácia. Avenida Ipiranga, 2752 – Campus Saúde.

Curso de Graduação

A partir de 2002, a organização dos Cursos de Farmácia passou a ser regida pela Resolução CNE/CES, de 19/02/2002, que instituiu suas Diretrizes Curriculares. Nesse novo contexto, a formação do farmacêutico passou a ter um caráter generalista. Com base nessas diretrizes, em 2008/1, foi implementada a nova matriz curricular. Essa foi construída visando preparar profissionais com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Para isso, o aluno é formado sobre os princípios e fundamentos da profissão, ressaltando sua importância, responsabilidade do papel social e compromisso com a cidadania.

Por meio de uma sólida formação teórica, o profissional formado deverá ter compreensão das questões farmacêuticas no seu contexto social e ambiental; capacidade de tomada de decisões e de resolução de problemas, numa realidade diversificada e em constante transformação; capacidade analítica, visão crítica e aptidão para adquirir novos conhecimentos; capacidade de comunicação e expressão oral e escrita; e consciência de que o senso ético de responsabilidade social deve nortear o exercício da profissão.

O Curso de Farmácia passou a ter onze semestres de duração. A matriz curricular foi constituída de uma primeira fase de disciplinas obrigatórias com duração de nove etapas (semestres), seguida de uma segunda etapa de disciplinas alternativas obrigatórias (décima e décima primeira etapa) na qual o aluno deverá cursar obrigatoriamente um número mínimo créditos dentre um elenco variado de disciplinas de caráter profissionalizante em diversas áreas. Ainda, nestas duas últimas etapas, o aluno deve realizar o trabalho de conclusão e realizar os estágios finais.

Em 2014, a Comissão de Graduação e o Núcleo Docente Estruturante, iniciaram uma revisão da matriz curricular visando aprimorar o sequenciamento das disciplinas, encadeamento de conteúdos, bem como a carga horária das disciplinas obrigatórias e alternativas-obrigatórias. Além de algumas alterações na matriz, a partir dessa análise, foi criada o módulo de formação diversificada complementar (FDC) que tem por objetivo complementar a capacitação profissional em uma área de escolha. A FDC foi organizada em cinco diferentes grupos identificadas como grandes áreas da profissão farmacêutica, quais sejam, análises clínicas, assistência farmacêutica, insumos farmacêuticos, medicamentos e cosméticos e tecnologia dos alimentos. Nessa nova estrutura, o aluno opta por disciplinas a serem cursadas em um dos cinco grupos mencionados acima. Essas são ofertadas a partir do quinto semestre de acordo com a sua complexidade e pré-requisitos necessários.

Acesse aqui a página da Comissão de Graduação.