Cobra-coral (Micrurus lemniscatus carvalhoi)

Habitat: Ocorre em vários tipos de habitats, incluindo Floresta Estacional Decidual e Semi-decidual, Matas de Galeria e Florestas Úmidas

Distribuição: Ocupa a região centro-norte brasileiro.(Reptile database).

Hábito de vida: : Serpentes mais ativas durante o outono.

Características gerais : Serpente ovípara, possui padrão de coloração ventral com as cores características para reconhecimento composto de tríades de branco, preto e vermelho. Essa espécie pode ocupar três dos biomas brasileiros: Mata Atlântica, Cerrado e Floresta Amazônica. As fêmeas dessa espécie possuem maior comprimento que os machos, assim, existe dimorfismo sexual. O tamanho do corpo das fêmeas ovíparas é uma característica importante por influenciar no tamanho e formato dos ovos. Os machos possuem comportamento de combate já registrados na natureza, isso é relacionado à estação de acasalamento.

Palavras-chave: Coral-verdadeira, Micrurus lemniscatus carvalhoi, coral ou cobra-coral, coral-snake, Classe Reptilia, Ordem Squamata, Família Elapidae.

Referências Bibliográficas:

COETI, Rafaela Zani. Biologia reprodutiva da cobra coral verdadeira Micrurus lemniscatus (Linnaeus, 1758) (SQUAMATA: ELAPIDAE). São Paulo, 2016.

SILVA JR., Nelson Jorge da. Novas Ocorrências de Micrurus Brasiliensis Roze, 1967 (Serpentes: Elapidae) em àreas de Tensão Ambiental no Centro-Oeste Brasileiro. Revista EVS – Revista de Ciências Ambientais e Saúde, Goiânia, v. 34, n. 6, p. 931-956, jan. 2008.

Autora: Eduardo Trusz
Revisor: Filipe Ferreira

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.