Cobra-de-cabeça-preta (Tantilla melanocephala)

Distribuição: Ocorrem na América Central e na América do Sul, no sudoeste da Bolívia, no norte da Argentina e Uruguai, também nas ilhas de Trinidade e Tobago.
Hábito de vida: Forrageiam durante o dia no solo em áreas abertas, mas podem usar substratos arbóreos para dormir ou tomar sol.
Características gerais: Conhecida como cobra-de-cabeça-preta, também registrada no Parque Estadual de Itapuã, (localizado no RS), as fêmeas atingem tamanhos semelhantes aos machos, alimentando-se principalmente de rãs e mamíferos, lagartos, aves e cobras. Presas pequenas são ingeridas por adultos e juvenis alimentam-se de mamíferos, sugerindo que não há mudança ontogenética na dieta dessa serpente.

Palavras-chave: cobra-de-cabeça-preta, Tantilla melanocephala, Classe Reptilia, Ordem Squamata, Família Colubridae.

Referências Bibliográficas:

ALVES, G. de Souza, Verrastro, L.; Reptiles of the Parque Estadual de Itapuã, state of Rio Grande do Sul, southern Brazil. 2012.
WILSON, L.D. Tantilla melanocepbala; Catalogue of American Amphibians and Reptiles. 1992.

Autora: Eduardo Trusz
Revisor: Filipe Ferreira

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.