Cobra espada pampeana ( Tomodon ocellatus )

Grau de Ameaça: IUCN – LC / RS – LC

Habitat: Associada a áreas abertas, desde campos, zonas de dunas e margens de corpos d’água

Distribuição: Argentina, Brasil (Rio Grande do Sul), Paraguai e Uruguai.

Hábito de vida: Terrestre.

Características gerais: Coloração dorsal com fundo claro e linha dorsal amarelada. Ao longo desta linha se alternam manchas escuras semi-circulares. Possuem dificuldades em morder, geralmente errando a pontaria da mordida. São conhecidas como “espada” porque costumam achatar-se contra o chão de modo a ficarem planas. Também possuem a linha preta atrás dos olhos, imitando uma jararaca. São Vivíparas

Palavras-chave: Tomodon ocellatus, Cobra espada pampeana, Classe Reptilia, Ordem Squamata, Família Dipsadidae, Herpetofauna.

Referências Bibliográficas:

Cacciali, P., Carreira, S., Montero, R. & Scott, N. 2019. Tomodon ocellatus . The IUCN Red List of Threatened Species 2019: e.T169683A61317832. https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2019-3.RLTS.T169683A61317832.en. Downloaded on 10 February 2020.

Carreira, S. & Maneyro, R. 2013. Guía de reptiles del Uruguay

Di-Bernardo, Marcos, Márcio Borges-Martins, and ROBERTO BAPTISTA Oliveira. “Répteis.” Livro vermelho da fauna ameaçada de extinção no Rio Grande do Sul (2003): 63-64.

FZBRS Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. 2014. Avaliação do Estado de Conservação de Espécies da Fauna. Lista Vermelha da Fauna

Autora: Dafne Vasques
Revisor: Filipe Ferreira

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.