Família Viperidae

A família Viperidae possui cerca de 321 espécies distribuídas pelo mundo. É formada por serpentes peçonhentas com dentição solenóglifa (ou seja, possuem presas retráteis no maxilar superior) e glândula de veneno. São as serpentes que mais causam acidentes ofídicos nas Américas (ocasionados principalmente pelas jararacas e cascavéis), porém, são também a partir dessas espécies que são produzidos diversos medicamentos de extrema importância para a saúde pública. A identificação do gênero dos viperídeos costuma ser realizada pela população a partir de análises morfológicas externas, porém, além de arriscado, é perigoso: somente um profissional é capaz de reconhecer e identificar corretamente a espécie. O melhor sempre a fazer ao avistar um viperídeo é manter distância e deixá-lo seguir seu caminho.

Referências:

Roberto, I. J., R. W. Ávila & A. R. Melgarejo Répteis (Testudines, Squamata, Crocodylia) da Reserva Biológica de Pedra Talhada.Studer, A., L. Nusbaumer & R. Spichiger (Eds.). Biodiversidade da Reserva Biológica de Pedra Talhada (Alagoas, Pernambuco – Brasil). 2015.

Autora: Eduardo Trusz
Revisor: Filipe Ferreira

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.