Leão-marinho-do-sul (Otaria flavescens)

Autor:Reinhard Jahn, Mannheim (nanosmile) [CC BY-SA 2.0 de], via Wikimedia Commons

Grau de Ameaça: IUCN – LC / RS – NT.

Habitat: Regiões costeiras.

Distribuição: Litoral do RS. Mapa de distribuição conforme a IUCN

Hábito de vida: Diurno

Características gerais: Popularmente conhecidos como Leões-marinhos, devido a juba de pêlos que o macho apresenta ao redor do pescoço. Única espécie de Leão-marinho que ocorre na região Sul do Brasil. Um animal de grande porte, com machos de até 2,5m e pesando até 300Kg. O Leão-marinho-do-sul é predominante nas colônias do Refúgio da Vida Silvestre da Ilha dos Lobos na cidade de Torres e no Molhe Leste em São José do Norte (ambas cidades do litoral gaúcho). Sua dieta é baseada em peixes, crustáceos, polvos e lulas. Uma peculiaridade desta espécie é a ingestão de pedras, acreditasse que possam auxiliar no controle da flutuabilidade.

Palavras-chave: Leão-marinho-do-sul, Otaria flavescens, South American Sea Lion, Southern Sea Lion, Classe Mammalia, Ordem Carnivora, Família Otariidae.

 

Referências Bibliográficas:

CÁRDENAS-ALAYZA, S., CRESPO, E. & OLIVEIRA, L. 2016.Otaria byronia. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T41665A61948292. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-1.RLTS.T41665A61948292.en. Downloaded on 28 September 2018.

CREMER, M. J. Os mamíferos marinhos da Baía da Babitonga. Joinville: Editora Univille, 2015.

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

MARQUES, A. A. B. et al. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Decreto no 41.672, de 11 junho de 2002. Porto Alegre: FZB/MCT–PUCRS/PANGEA, 2002. 52p. (Publicações Avulsas FZB, 11)

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

SILVA, F. 2014. Mamíferos silvestres: Rio Grande do Sul. 3a ed. Porto Alegre: Via Sapiens; Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisor: Mateus Zimmer – BiMaLab (UFRGS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.