Cervo-do-Pantanal (Blastocerus dichotomus)

Foto: No machine-readable author provided. Exlbris assumed (based on copyright claims). [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

Grau de Ameaça: IUCN – VU / RS – CR

Habitat: Ambientes úmidos, savanas alagadas, campos, várzeas de rios, brejos, e planícies de inundação dos grandes rios.

Distribuição: Sudoeste do Rio Grande do Sul. Distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: Diurnos e noturnos. Solitários, mas podem formar pequenos grupos.

Características gerais: É considerado o maior Cervídeo do RS, pesando cerca de 100 Kg a fêmea e 130 Kg o macho. Mede de 1,5 à 2m de comprimento.De pelagem avermelhada, com extremidades de tom escuro. apresenta um sulco lacrimal , que é exposto quando o animal se sente ameaçado. Orelhas grandes e redondas e chifres ramificados, podendo ter até 10 pontas cada. Periodicamente os chifres são perdidos e substituídos por novos, evento esse denominado “Troca de galhada”. Possuem membranas interdigitais nos cascos alongados e membros relativamente compridos. Atualmente ocorre apenas na Reserva de Vida Selvagem do Banhado dos Pachecos, em uma população estimada de 4 a 8 indivíduos. Alimentam-se de macrófitas de folha larga e principalmente gramíneas e leguminosas.

Palavras-chave: Cervo-do-Pantanal, Blastocerus dichotomus, Marsh Deer, Ciervo de los Pantanos, Ciervo Marismeño, Classe Mammalia, Ordem Cetartiodactyla, Família Cervidae

Referências Bibliográficas

DUARTE, J.M.B, VARELA, D., PIOVEZAN, U., BECCACECI, M.D. & GARCIA, J.E. 2016. Blastocerus dichotomus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T2828A22160916. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-1.RLTS.T2828A22160916.en. Downloaded on 08 September 2018.

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

MARQUES, A. A. B. et al. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Decreto no 41.672, de 11 junho de 2002. Porto Alegre: FZB/MCT–PUCRS/PANGEA, 2002. 52p. (Publicações Avulsas FZB, 11)

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Autor: Filipe Ferreira
Revisor: Lana Resende – BiMaLab (UFRGS)

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.