Veado-virá (Mazama gouazoubira)

Mazama gouazoubira

Grau de Ameaça: IUCN – LC

Habitat: Encontrados em bordas de mata, vassourais, banhados e outros tipos de vegetação aberta. Preferem ecótonos entre florestas e campos, sempre estando associados a florestas, que propiciam abrigo e alimentação. Podem fazer uso com sucesso de áreas desmatadas ou agrícolas.

Distribuição: Ocorre em praticamente toda a região sul do RS. Distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida:Geralmente são diurnos, solitários e fortemente territorialistas,  terrículas e bons nadadores.

Características gerais: O Gênero Mazama é caracterizado por Cervos de chifre simples, ou seja, sem ramificações. O Veado-virá pesa 18Kg e mede em média 50cm. Sua pelagem pode variar de cinza escuro até marrom avermelhado, além de tons claros de bege e cinza. Possuem pelos marrons na virilha, barriga e peito, assim como pelos brancos na parte de baixo da cauda e dentro das orelhas. Sua característica mais marcante é uma mancha branca sobre os olhos. Possuem ainda orelhas grandes e arredondadas.Podem retirar as cascas das árvores com os dentes incisivos, e marcar o território com fezes, urina ou através de suas glândulas odoríferas. Alimentam-se de folhas, frutos, flores e fungos. A caça é a principal ameaça a esta espécie. Infelizmente no Brasil não há nenhum programa de conservação direcionado a esta espécie.

Palavras-chave: Veado-virá, Veado-de-uma-aspa, Veado-do-mato, Mazama gouazoubira, Gray Brocket, Brown Brocket, Cabra Silvestre, Corzuela Común, Corzuela Parda, Guazu, Guazu Virá, Classe Mammalia, Ordem Cetartiodactyla, Família Cervidae

Referências Bibliográficas:

DUARTE, J.M.B. et al. 2012. Avaliação do risco de Extinção do Veado-catingueiro Mazama gouazoubira G. Fischer [von Waldheim], 1814, no Brasil. Biodiversidade Brasileira, v. 2, n. 3, p. 50-58

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

BLACK-DECIMA, P.A. & VOGLIOTTI, A. 2016. Mazama gouazoubira. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T29620A22154584. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-2.RLTS.T29620A22154584.en. Downloaded on 08 September 2018.

MARQUES, A. A. B. et al. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Decreto no 41.672, de 11 junho de 2002. Porto Alegre: FZB/MCT–PUCRS/PANGEA, 2002. 52p. (Publicações Avulsas FZB, 11)

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisor: Rhian Vilar – BiMaLab (UFRGS)

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.