Golfinho-pintado-do-Atlântico ( Stenella frontalis )

Grau de Ameaça: IUCN – DD / RS – DD

Habitat: Esta espécie é endêmica do oceano Atlântico, Golfo do México e Caribe, vive preferencialmente próximo à costa.

Distribuição: Distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: Vivem em grupos de 5 a 15 indivíduos, porém podem ser solitários. Podem-se associar a outras espécies de golfinhos.

Características gerais: O Golfinho-pintado-do-Atlântico é um golfinho de pequeno porte, podendo medir 2,3m de comprimento. Sua coloração corporal é cinza-clara, de dorso mais escuro e uma nítida interrupção branca abaixo da nadadeira dorsal. Sua pele possui um aspecto todo pintado, de manchas escuras onde é mais claro e manchas claras onde é mais escuro. As pintas surgem à medida que o Golfinho se torna adulto. Sua dieta baseia-se em lulas, peixes e outros invertebrados. Mesmo com poucos dados sobre seu status de conservação, o Golfinho-pintado-do-Atlântico sofre muito com a interferência humana, devido a seus hábitos  serem preferencialmente costeiros.

Palavras-chave: Golfinho-pintado-do-Atlântico, Stenella frontalis, Atlantic Spotted Dolphin, Bridled Dolphin, Delfín Manchado Del Atlántico, Delfín Pintado, Classe Mammalia, Ordem Cetartiodactyla, Família Delphinidae.

Referências Bibliográficas

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2.

HAMMOND, P.S., BEARZI, G., BJORGE, A., FORNEY, K.A., KARKZMARSKI, L., KASUYA, T., PERRIN, W.F., SCOTT, M.D., WANG, J.Y. , WELLS, R.S. & WILSON, B. 2012. Stenella frontalis. The IUCN Red List of Threatened Species 2012: e.T20732A17832795. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2012.RLTS.T20732A17832795.en. Downloaded on 08 October 2018.

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisora: Luíza Machado – BiMaLab (UFRGS)

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.