Boto-de-Burmeister (Phocoena spinipinnis)

Grau de Ameaça: IUCN – DD.
Habitat: Vivem somente nas regiões costeiras da América do Sul, no sul do Brasil, Argentina e na costa leste da América do Sul até o Peru.
Distribuição: Distribuição conforme a IUCN.
Hábito de vida:Solitários ou em grupos de até 8 indivíduos.
Características gerais: O Boto-de-Burmeister possui pequeno porte, com até 2 m de comprimento. Sua coloração é escura em todo corpo com uma mancha circular mais escura ao redor dos olhos. Possuem cabeça arredondada e rostro não definido. Na borda de sua nadadeira dorsal possuem protuberâncias e espinhos. Alimentam-se de peixes, lulas e moluscos

Palavras-chave:Boto-de-Burmeister, Phocoena spinipinnis, Burmeister’s Porpoise, Marsopa Espinosa, Classe Mammalia, Ordem Cetartiodactyla, Família Phocoenidae.

Referências Bibliográficas

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2.

HAMMOND, P.S., BEARZI, G., BJORGE, A., FORNEY, K.A., KARKMARSKI, L., KASUYA, T., PERRIN, W.F., SCOTT, M.D., WANG, J.Y. , WELLS, R.S. & WILSON, B. 2012.Phocoena spinipinnis. The IUCN Red List of Threatened Species 2012: e.T17029A17117957. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2012.RLTS.T17029A17117957.en. Downloaded on 01 October 2018.

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

 

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisora: Paloma Linck – BiMaLab (UFRGS)

 

 

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.