Morcegos-de-cauda-livre (Nyctinomops macrotis)

Grau de Ameaça: IUCN – LC

Habitat: Habitam formações florestais, campos, áreas alagadas com vegetação e áreas urbanas.

Distribuição: Distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: Vivem em cavernas, frestas de rochas e ocos de árvores assim como utilizam também construções humanas como refúgio. Formam colônias que podem possuir cerca de 150 indivíduos. Formam também colônias maternidade e realizam migrações sazonais.

Características gerais: Os morcegos conhecidos popularmente como Morcegos-de-cauda-livre possuem porte mediano e orelhas largas, unidas sobre a cabeça. A pelagem dorsal é marrom-escura, podendo ser castanho avermelhada, já a ventral é relativamente mais clara. Cerca de metade da cauda sobressai do uropatágio. Apresentam sulcos verticais no lábio superior. Alimentam-se de insetos.

Palavras-chave: Morcegos-de-cauda-livre, Nyctinomops macrotisBig Free-tailed Bat, Classe Mammalia, Ordem Chiroptera, Família Molossidae.

Referências Bibliográficas:

BARQUEZ, R., DIAZ, M. & ARROYO-CABRALES, J. 2015.<em> Nyctinomops macrotis </em>(errata version published in 2016). The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T14996A97207443. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2015-4.RLTS.T14996A22010988.en. Downloaded on 30 September 2018.

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisora: Isadora B. Lobato – BiMaLab (UFRGS)

 

Apoio:Roberto L.M. Novaes – Blog Morcegos do Brasil

Morcegos do Brasil

 

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.