Família Phyllostomidae

No Rio Grande do Sul ocorrem 12 espécies de filostomídeos. Alimentam-se principalmente de frutos, néctar e pólen. Porém há espécies que se alimentam de insetos, pequenos vertebrados e até mesmo sangue. A característica mais marcante da Família Phyllostomidae é a folha nasal, uma estrutura facial utilizada na emissão de ultrassons. Apesar de existirem apenas 3 espécies de morcegos hematófagos (morcegos que se alimentam de sangue), todas ocorrem no Brasil, porém apenas o D. rotundus ocorre no RS. 

Referências Bibliográficas:

The IUCN Red List of Threatened Species. Version 2018-1. <www.iucnredlist.org>. Downloaded on 08 September 2018.

SILVA, Flávio. Mamíferos silvestres, Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, 1994.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – BiMaLab (UFRGS)

Apoio:Roberto L.M. Novaes – Blog Morcegos do Brasil

Morcegos do Brasil

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.