Família Vespetilionidae

Existem ainda as seguintes espécies da família Verpertilionidade para o Rio Grande do Sul: Eptesicus taddeii; Myotis dinellii; Myotis levis.

Há cerca de 407 espécies de morcegos pertencentes a esta família no mundo, 23 no Brasil e 15 espécies no Rio Grande do Sul. Estes mamíferos voadores alimentam-se basicamente de insetos capturados em pleno voo. Possuem membrana interfemural bem desenvolvida que envolve sua longa cauda. Suas orelhas são altas nas extremidades.

Referências Bibliográficas:

The IUCN Red List of Threatened Species. Version 2018-1. <www.iucnredlist.org>. Downloaded on 22 September 2018.

SILVA, Flávio. Mamíferos silvestres, Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, 1994.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – BiMaLab (UFRGS)

Apoio:Roberto L.M. Novaes – Blog Morcegos do Brasil

Morcegos do Brasil

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.