Myotis-ribeirinho(Myotis riparius)

Autor: Roberto L. M. Novaes

Grau de Ameaça: IUCN – LC

Habitat: Ocorrem em florestas, em áreas próximas a corpos de água.

Distribuição: Distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: Já foi encontrado abrigando-se em construções humanas e sob casca de árvores, em colônias de até 50 indivíduos.

Características gerais: Possui pelagem escura, densa e curta. Alimenta-se de insetos, procurando as presas geralmente perto de cursos de água. Atualmente se considera como um complexo de espécies já que mais de uma espécie pode estar representada. Precisa-se de revisão taxonômica.

Palavras-chave: Myotis ripariano, Myotis ribeirinho, Myotis riparius, Riparian Myotis, Classe Mammalia, Ordem Chiroptera, Família Vespertiolionidae.

Referências Bibliográficas:

BARQUEZ, R., PEREZ, S. & DIAZ, M. 2016. Myotis riparius. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T14195A22062950. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-1.RLTS.T14195A22062950.en. Downloaded on 01 December 2018.

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisora: Adriana Arias – BiMaLab (UFRGS)

Apoio:Roberto L.M. Novaes – Blog Morcegos do Brasil

Morcegos do Brasil

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.