Ordem Cingulata

Nine-banded armadillo walking in beach habitat
Família Dasypodidae

 

Outrora agrupados juntamente com a Ordem Pilosa para compor o clado Edentata, hoje os Xenarthra são separados nestas duas ordens. Na Ordem Pilosa temos os Tamanduás e preguiças e na Ordem Cingulata temos os tatus. Essa mudança se deve ao fato de que antigamente acreditava-se que todos esses animais não possuíam dentes, por isso eram chamados de Edentata. Hoje sabemos que preguiças e tatus possuem dentes da série molar, porém estes sem esmalte, uma camada protetora externa. Existem atualmente cinco espécies pertencentes a  Cingulata no Brasil e todas estas ocorrem no Rio Grande do Sul.

Referências Bibliográficas:

The IUCN Red List of Threatened Species. Version 2018-1. <www.iucnredlist.org>. Downloaded on 12 September 2018.

SILVA, Flávio. Mamíferos silvestres, Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, 1994.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – BiMaLab (UFRGS)

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.