Lebre europeia (Lepus europaeus)

Foto: Kim Hansen [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

Grau de Ameaça:  IUCN – LC / Brasil –Exótico

Habitat: Vivem em bordas de florestas densas, mas podem habitar banhados e margens de rios.

Distribuição: Sua distribuição natural ocorre em praticamente toda a Europa e parte da Ásia. Porém foi introduzido na região neotropical e por isso ocorrem  em todo o território Argentino e Uruguaio, além de Sul do Brasil e Chile. Mapa de distribuição conforme a IUCN.

Habito de vida: noturno, terrestre e solitário.

Características gerais: Nativa da Eurásia e introduzida na América do Sul no início do século XIX. Maior que o Tapiti, com patas traseiras mais compridas e orelhas longas com pontas pretas. Vivem em ambientes abertos, porém adaptam-se com facilidade a vários tipos de habitat. Frequentemente encontrada em dunas na costa do RS. Alimentam-se de plantas cultivadas (milhos, feijão, mandioca) e brotos de gramíneas. Por ser uma espécie exótica sua caça é permitida no RS em períodos específicos do ano, para controle de populações naturais.

Palavras-chave: Lebre europeia, Lepus europaeus, European Hare, Brown Hare, European Brown Hare, Liebre Europea, Classe Mammalia, Ordem Lagomorpha, Familia Leporidae

Referências Bibliográficas:

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

MARQUES, A. A. B. et al. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Decreto no 41.672, de 11 junho de 2002. Porto Alegre: FZB/MCT–PUCRS/PANGEA, 2002. 52p. (Publicações Avulsas FZB, 11)

SMITH, A.T. & JOHNSTON, C.H. 2008. Lepus europaeus. The IUCN Red List of Threatened Species 2008: e.T41280A10430693. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2008.RLTS.T41280A10430693.en. Downloaded on 17 September 2018.

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.​

 

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisora: Fernanda Ribeiro da Silva – BiMaLab (UFRGS)

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.