Tapiti (Sylvilagus brasiliensis)

Foto: Bollux [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

Grau de Ameaça: IUCN – LC /  RS – EN

Habitat: Vivem em bordas de florestas densas, mas pode habitar banhados e margens de rios.

Distribuição: Há registros no norte e leste do RS, porém ainda existem poucos estudos relativos a populações dessas espécie no Estado. Mapa de distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: noturno e solitário.

Características gerais: Denominado popularmente como Lebre ou Coelho-do-mato é o único lagomorfo nativo do Estado do Rio Grande do Sul. Menor que o coelho doméstico pesa no máximo 1 Kg. Com orelhas longas e finas, menores que as orelhas das Lebres. Alimentam-se de frutos, talos e brotos vegetais. Muito caçado, devido ao alto apreço gastronômico por sua carne, tornou-se raro em algumas regiões do Estado. A introdução de espécies exóticas, como a Lebre-européia por  exemplo, também pode colaborar com o declínio populacional da espécie já que compete pelos mesmos recursos que o animal nativo.

Palavras-chave: Tapiti, Sylvilagus brasiliensis, Tapeti, Forest Rabbit, Conejo Tropical, Classe Mammalia, Ordem Lagomorpha, Familia Leporidae

Referências Bibliográficas:

CHRISTOFF et al 2013 Lagomorpha. In: WEBER et al (Ed.) Mamíferos do Rio Grande do Sul. Santa Maria, RS. p. 551-554

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

MARQUES, A. A. B. et al. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Decreto no 41.672, de 11 junho de 2002. Porto Alegre: FZB/MCT–PUCRS/PANGEA, 2002. 52p. (Publicações Avulsas FZB, 11)

Mexican Association for Conservation and Study of Lagomorphs (AMCELA), Romero Malpica, F.J. & Rangel Cordero, H. 2008. Sylvilagus brasiliensis. The IUCN Red List of Threatened Species 2008: e.T41298A10418161. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2008.RLTS.T41298A10418161.en. Downloaded on 17 September 2018.

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.​

 

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisora: Fernanda Ribeiro da Silva – BiMaLab (UFRGS)

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.