Rato-do-delta (Deltamys kempi)

Grau de Ameaça: IUCN – LC.

Habitat: Áreas abertas e litorâneas do Estado, banhados, pântanos e áreas alagáveis.

DistribuiçãoMapa de distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: Terrículas e noturnos.

Características gerais: Denominado Rato-do-delta, pois sua primeira coleta foi no Delta do Rio Paraná. Esses pequenos roedores possuem pelagem castanho-escura no dorso, que esconde quase que totalmente as orelhas curtas. Apresentam ainda olhos pequenos. A cauda é ainda menor que o comprimento da cabeça e do corpo. Constroem seus ninhos sobre troncos de árvores para camuflarem-se dos predadores, como a Coruja-buraqueira (Athene cunicularia).

Palavras-chave: Rato-do-delta, Deltamys kempi, Kemp’s Grass Mouse, Classe Mammalia, ordem Rodentia, Família Cricetidae

Referências Bibliográficas:

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2.

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.​

TETA, P., D’ELIA, G., CHRISTOFF, A. & GONZALEZ, E. 2016. Deltamys kempi. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T738A22338967. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-2.RLTS.T738A22338967.en. Downloaded on 01 October 2018.

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisor: Izidoro S. Amaral – BiMaLab (UFRGS)

 

 

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.