Rato-do-mato (Castoria angustidens)

Grau de Ameaça: IUCN – LC.

Habitat: Amplamente distribuído pela Argentina e no Brasil. Encontrado predominantemente na Floresta Atlântica, em bordas florestais.

Distribuição: Mapa de distribuição conforme a IUCN.

Hábito de vida: Noturnos e Terrículas

Características gerais: Anteriormente identificada como Akodon serrensis (Thomas, 1902), os espécimes foram alocados em um novo gênero após a revisão de material paleontológico que apontaram evidencias que corroboraram com as já conhecidas diferenças moleculares e morfológicas em elação as demais espécies de Akodon. No geral é similar as espécies de Akodon do Brasil, principalmente do sudeste e sul. Em relação ao gênero Akodon é moderadamente grande em tamanho e possui uma coloração acastanho –olivácea, com evidente limitação entre o dorso e o ventre. Cauda menor que o comprimento do corpo, finamente anelada, quase nua, coberta por minúsculos pelos castanhos acima e brancos abaixo. Cariótipo 2n=46.

Palavras-chave: Rato-do-mato, Castoria angustidens, Akodon serrensis , Serrado Do Mar Grass Mouse, Serrado Mar Akodont, Serrado Mar Grass Mouse, Classe Mammalia, ordem Rodentia, Família Cricetidae.

Referências Bibliográficas:

GONÇALVES, L. G. et al. Mamíferos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pacartes, 2014. 212 p.; il. Color. ISBN 978-85-62689-93-2

MARQUES, A. A. B. et al. Lista de Referência da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul. Decreto no 41.672, de 11 junho de 2002. Porto Alegre: FZB/MCT–PUCRS/PANGEA, 2002. 52p. (Publicações Avulsas FZB, 11).

PARDINAS, Ulyses F. J et al . A new genus for Habrothrix angustidens and Akodon serrensis (Rodentia, Cricetidae): again paleontology meets neontology in the legacy of lund. Mastozool. neotrop., Mendoza , v. 23, n. 1, p. 93-115, jun. 2016 . Disponible en <http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0327-93832016000100011&lng=es&nrm=iso>. accedido en 01 oct. 2018.

PARDINAS, U., D’ELIA, G., PATTERSON, B. & TETA, P. 2016. Akodon serrensis (errata version published in 2017). The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T756A115052301. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-3.RLTS.T756A22381329.en. Downloaded on 01 October 2018.

RIO GRANDE DO SUL. 2014. Decreto Estadual n° 51.797, de 08 de setembro de 2014. Declara as Espécies da Fauna Silvestre Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.​

Autor: Filipe Ferreira da Silveira – Revisor: Izidoro S. Amaral – BiMaLab (UFRGS)

 

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.