Socó-boi-baio (Botaurus pinnatus )

Foto: Alastair Rae [CC BY-SA 2.0], via Wikimedia Commons

Grau de ameaça: IUCN – LC / RS – LC
Habitat: Áreas úmidas como pântanos, banhados, brejos e juncais.

Distribuição: Ocorre do sudeste da Nicarágua até o Equador, nas Guianas, no norte da Argentina e no Brasil.
Hábito de vida: Geralmente tem hábito solitário, mas também podem viver em casais.
Características gerais: Mede cerca de 70cm de comprimento e é considerada uma ave grande. Possui padrão de cores “carijó” com variados tons de marrom, e maiores concentrações de branco no peito e no ventre. Tem bico e íris amarelados e patas amarelo-esverdeadas. Linhas marrom-escuras percorrem as laterais do seu corpo, indo dos olhos aos flancos. É comum ser avistada parada e escondida na vegetação alta por longos períodos, com o pescoço esticado e o bico para cima, lembrando uma estaca de madeira fincada nos alagados. É uma ave difícil de ver, usa camuflagem como medida de sobrevivência, podendo até imitar o balançar do juncos com o vento. Utiliza o crepúsculo para caçar e é paciente, espera que a presa esteja ao seu alcance e a ataca com precisão. Alimenta-se de peixes, anfíbios, crustáceos, insetos e sementes.

Palavras-chave: Socó-boi-baio, Botaurus pinnatus, Pinnated Bittern, Classe Aves, Ordem Pelecaniformes, Família Ardeidae.

Referências Bibliográficas:

DO BRASIL, Wikiaves-Enciclopédia das Aves. Disponível em<https://www.wikiaves.com.br/wiki/soco-boi-baio>. Acessado em 27 mai., v. 1, 2019.


BirdLife International 2016. Botaurus pinnatus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22697343A93609762.http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-
3.RLTS.T22697343A93609762.en. Downloaded on 27 May 2019.

Autor: Eduardo Trusz
Revisor: Filipe Ferreira

Este projeto procurará proporcionar a todos os cidadãos interessados informações de qualidade referentes as espécies da fauna do Rio Grande do Sul.