Egressos da FCE se destacam em premiação do Conselho Regional de Economia

Vários egressos da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS se destacaram entre os vencedores do Prêmio Corecon-RS 2019, divulgado no dia 4 de dezembro pelo Conselho Regional de Economia do RS. Entre os agraciados, há bacharéis, mestres e doutores titulados pela FCE nas diversas categorias. A cerimônia de premiação acontece no dia 17 de dezembro no Hotel Continental (Largo Vespasiano Júlio Veppo, 77 – em frente à Rodoviária), em Porto Alegre.

Iuna Lamb Scheffler, mestra em Economia pela UFRGS, conquistou o primeiro lugar na categoria Dissertações de Mestrado, com a produção Disciplina partidária: mensuração, teoria e análise de seus determinantes. Com orientação do professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais da FCE (DERI) Marcelo Griebeler, a dissertação discute o conceito de disciplina partidária, que se refere ao comportamento individual dos parlamentares em sua tomada de decisão nas votações nominais, buscando identificar os determinantes relacionados a isso no contexto brasileiro a partir da exploração as ações adotadas pelos deputados federais do país no período de 2000 a 2017. Os principais resultados apontam uma influência preponderante das emendas parlamentares, dos cargos em comissões permanentes e na mesa diretora e da ideologia partidária.

Também na modalidade Dissertações de Mestrado, foi premiado João Ricardo Rodrigues Moreira, mestre em Economia pela FCE, com o terceiro melhor trabalho da categoria. O estudo Estimativas para a taxa natural de juros no Brasil após a adoção do regime de metas de inflação recebeu orientação do docente Marcelo Savino Portugal, que atua no DERI da FCE.

O trabalho Coordenação entre autoridades fiscal e monetária, de autoria de Guilherme Daros, graduando de Ciências Econômicas na UFRGS, se destacou como terceiro colocado na categoria dos Trabalhos de Conclusão de Curso. O responsável pela orientação do projeto foi o professor da FCE Leonardo Xavier da Silva.

Tomás Amaral Torezani, que, em outubro, havia recebido o Prêmio Brasil de Economia pela tese de doutorado desenvolvida junto ao Programa de Pós-graduação em Economia da UFRGS (PPGE), também se destacou na premiação do Corecon-RS. Dessa vez, o pesquisador venceu na modalidade Artigos Técnicos ou Científicos, com o trabalho Crescimento econômico e mudança estrutural no Brasil: um conto de ganhos e perdas. O artigo procura identificar a contribuição dos determinantes do crescimento de renda per capita da economia brasileira de 1950 a 2010 a partir dos fatores produtividade, taxa de emprego e estrutura demográfica.

O outro trabalho indicado à premiação na categoria Artigos Técnicos ou Científicos, intitulado Restrições fiscais e infraestrutura: uma análise para os estados brasileiros, é de autoria de Rodrigo Nobre Fernandez, doutor pelo PPGE da FCE. O estudo busca estimar empiricamente a relação entre a restrição fiscal e o uso de concessões para os estados brasileiros no período de 2000 a 2017.

Além dos autores premiados nas categorias de trabalhos acadêmicos, a lista do Prêmio Corecon-RS 2019 também apresenta Alexandre Englert Barbosa, mestre em Economia pela FCE, como o Economista do Ano e Guilherme Sociais Villela, economista graduado pela mesma Faculdade, como Economista Destaque Especial 2019.

A iniciativa tem como objetivo premiar, anualmente, trabalhos de profissionais que atuam na área da Economia e dos graduados e mestres recém-formados nas instituições de Ensino Superior do Rio Grande do Sul. A premiação acontece durante solenidade oficial no dia 17 de dezembro próximo, às 20 horas, no Hotel Continental, em Porto Alegre.

A lista completa dos pesquisadores da área de Ciências Econômicas premiados pelo Corecon-RS neste ano pode ser conferida na página do Conselho. Mais informações pelo e-mail coreconrs@coreconrs.org.br ou pelo telefone 51 32542600.

Se você encontrou algum erro nesta página, por favor, preencha o formulário abaixo e clique em enviar.