Defesa de dissertação – Williams Meirelles (PPGCONT)


Detalhes do Evento


Título: Desempenho acadêmico dos discentes de Ciências Contábeis nas modalidades de ensino a distância e presencial em uma instituição de ensino superior do Rio Grande do Sul
Autor: Williams Meirelles
Orientadora: Márcia Bianchi

Banca Examinadora:
Ariel Behr (UFRGS)
Maria Ivanice Vendruscolo (UFRGS)
Marguit Neumann Gonçalves (UEM)

Data: 1/4/2019 – 10h
Local: Sala de Videoconferência, prédio anexo à Faculdade de Ciências Econômicas

Resumo:
Este estudo teve como objetivo analisar como as modalidades de ensino, Educação a Distância (EaD) e presencial, influenciam no desempenho acadêmico dos alunos do curso de Ciências Contábeis em uma Instituição de Ensino Superior (IES) do Rio Grande do Sul. O estudo se dividiu em duas partes, uma quantitativa e uma qualitativa. Na parte qualitativa do estudo, foram analisadas as matrizes curriculares das modalidades, presencial e EaD do curso e 88 planos de ensino, sendo 44 de cada modalidade. Já a parte quantitativa teve como foco os discentes do curso, cuja amostra abrangeu um total de 1.444 discentes, que cursaram disciplinas nas modalidades presencial e EaD durante o período de 2014/01 a 2018/01, tal amostra proporcionou um conjunto de 22.793 observações e testou variáveis evidenciadas na literatura relacionadas ao corpo docente, infraestrutura e corpo discente, tendo como variável de interesse a modalidade de ensino. Os resultados das análises qualitativas demonstraram a simetria entre as grades curriculares, o que garantiu a similaridade dos conteúdos praticados em ambas as modalidades e evidenciaram diferenças nos planos de ensino entre as modalidades presencial e EaD, no que tange a organização metodológica e os respectivos processos avaliativos. Nas análises quantitativas, comparando-se os grupos de discentes das modalidades presencial e EaD, os achados que mais se destacaram foram: i) a diferença das médias das notas, na qual a modalidade presencial apresenta uma média de 7,19 pontos, superior à média de 6,88 pontos obtida pela modalidade EaD; ii) o desvio padrão das notas na modalidade presencial é de 1,84 pontos, valor este inferior que os 2,38 pontos de desvio padrão encontrados da modalidade EaD, que demonstram uma maior dispersão entre as notas desta modalidade; iii) a média de reprovação dos discentes da modalidade presencial foi de apenas 9%, enquanto na modalidade EaD este percentual foi de para 20% e, iv) 285 alunos evadidos no período analisado na modalidade EaD, o que representou uma proporção de 24% de alunos evadidos, enquanto na modalidade presencial o número foi de 75 alunos, que representa uma proporção de 13% de alunos evadidos. Com relação à variável de interesse –modalidade –, pode-se constatar que a mesma teve influência significativa no desempenho dos discentes nos dois cenários testados, porém com resultados distintos: no primeiro cenário evidenciou-se que de todos os alunos aprovados, aqueles que obtiveram maiores notas foram os que cursaram disciplinas em EaD. Já no segundo cenário, considerando todos os alunos (aprovados e reprovados), os melhores desempenhos foram visualizados na modalidade presencial. A relevância deste estudo está na evidenciação do impacto positivo da modalidade EaD no desempenho dos discentes de Ciências Contábeis da IES pesquisada, demonstrando a importância desta modalidade para que cada vez mais pessoas, em diferentes localidades e individualmente dentro do seu tempo disponível, possam obter um ensino de qualidade aliado a adequada utilização das tecnologias de informação, fortalecendo assim, a classe Contábil brasileira.

 

* As defesas de teses e dissertações são realizadas em sessões públicas, isto é, abertas ao público em geral, sem necessidade de inscrições prévias.

Se você encontrou algum erro nesta página, por favor, preencha o formulário abaixo e clique em enviar.