Iniciativa de extensão auxilia professores a trabalharem educação financeira nas escolas

O projeto de extensão Educação Financeira para Todos e para Toda Vida foi desenvolvido com o intuito de reunir, em um só espaço, dicas e sugestões de atividades para o aprendizado financeiro. Coordenado pela professora da FCE Wendy Carraro, do Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais, a iniciativa se propõe a auxiliar professores de escolas públicas e privadas no ensino de educação financeira aos alunos, envolvendo, inclusive, as famílias.

Em formato de mural digital, a página do projeto já disponibiliza o acesso a mais de 50 dicas para trabalhar conceitos de educação financeira, orçamento pessoal e familiar, moedas e investimentos. O mural de sugestões, constantemente atualizado pela equipe, possui conteúdos e materiais disponíveis na internet, além de cards e vídeos.  

“As atividades sugeridas podem ser trabalhadas de diversas formas, considerando o nível escolar dos alunos, e podem envolver desenhos, elaboração de textos e uso de ferramentas tecnológicas – sempre levando em consideração as diferentes realidades sociais”, afirma Wendy. Os docentes podem, ainda, fazer uso das dicas para preparar aulas e práticas de modo disciplinar ou multidisciplinar, e orientar alunos e familiares. 

Na visão da professora, a educação financeira ultrapassa o ensinamento de como lidar com o dinheiro, sendo de máxima importância na abordagem de tópicos como ética, desigualdade social, solidariedade e meio-ambiente. “Dessa forma, além de educados financeiramente, formamos cidadãos com princípios e valores que os acompanharão para toda vida”, complementa a docente. 

Apresentação e orientações de como usar o mural estão disponíveis neste link. Todo o conteúdo do mural pode ser acessado clicando aqui. O projeto de extensão também oferece à comunidade outras atividades na área, como este padlet, que reúne dicas e informações sobre educação financeira em tempos de pandemia. 

O projeto Educação Financeira para Todos e para Toda Vida está no WhatsApp, Telegram e Instagram.

Professora Wendy Carraro, coordenadora do projeto – Foto: arquivo pessoal

Se você encontrou algum erro nesta página, por favor, preencha o formulário abaixo e clique em enviar.