Pesquisadores mapeiam práticas para geração de informações contábeis nas organizações

O Grupo de Pesquisa em Informação, Tecnologias e Educação em Contabilidade (GPITEC), vinculado à Faculdade de Ciências Econômicas, lançou um relatório técnico de pesquisa sobre os mecanismos de governança da informação contábil. O material, que está disponível para download gratuito aqui, apresenta as principais práticas que as empresas devem adotar para gerar informações contábeis úteis para os seus diversos públicos.

Listadas em ordem de importância, as práticas foram mapeadas a partir da técnica Delphi, um método de obtenção de consenso entre especialistas, explica o professor Ariel Behr, coordenador do grupo de pesquisa e um dos autores do relatório. “Para chegarmos a esses resultados, fomos muito rigorosos. Foram consultados mais de 20 especialistas das diversas áreas de atuação da contabilidade”, salienta Behr.

De acordo com o docente, a iniciativa contribui de maneira significativa para a atuação profissional dos contadores, que encontram no documento os principais mecanismos de geração de boas informações. O material também é útil para empresas em busca de informações sobre quais iniciativas podem ser adotadas com o objetivo de melhorar a atuação dos setores de contabilidade das organizações.

A pesquisa que deu origem ao relatório técnico integra o trabalho de mestrado da estudante Camila de Oliveira, sob orientação de Behr. A dissertação, intitulada Principais mecanismos de governança da informação contábil, foi defendida no Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade (PPGCONT) neste semestre.

Mais informações sobre o material ou sobre o Grupo de Pesquisa em Informação, Tecnologias e Educação em Contabilidade da FCE podem ser obtidas pelo e-mail gpitec@ufrgs.br.

 

Foto: divulgação

Se você encontrou algum erro nesta página, por favor, preencha o formulário abaixo e clique em enviar.