UFRGS quer ser referência mundial em estudos sobre países em desenvolvimento

A Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS (FCE) quer ser reconhecida como um polo de projeção internacional na pesquisa científica sobre o Sul Global, fenômeno atual de transformação e emergência política e econômica dos países em desenvolvimento. Um dos primeiros passos para essa conquista já foi dado: a UFRGS firmou uma parceria com a Universidade de Cambridge, na Inglaterra, para trazer a Porto Alegre pesquisadores de renome na área e promover o debate sobre a temática.

De 2 a 6 de setembro de 2019, especialistas de diversos países ministram palestras e orientam trabalhos de acadêmicos em início de carreira e de estudantes de pós-graduação interessados na temática Sul Global. As atividades fazem parte da Winter School on the Global South, curso intensivo ministrado totalmente em inglês que busca debater os tópicos de maior relevância no cenário mundial atual, como meio ambiente, segurança internacional, integração, política externa e desenvolvimento econômico.

O modelo de escolas de inverno/verão é bastante comum na Europa e nos Estados Unidos, que já estão acostumados a receber pessoas de todas as nacionalidades para cursos do tipo. No Brasil, no entanto, iniciativas como essa, estratégicas para o desenvolvimento científico nacional, ainda estão engatinhando. “Projetos como esse são fundamentais para a internacionalização da Universidade, pois incentivam genuinamente o desenvolvimento de pesquisa conjunta”, explica Carlos Henrique Horn, diretor da FCE.

 

Alemanha, Índia, Rússia, Taiwan, Estados Unidos e Brasil debatem sobre os países em desenvolvimento

Um dos palestrantes de destaque da programação é o diretor do Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade de Cambridge, Felipe Hernández. Natural da Colômbia, o pesquisador foi o primeiro latino-americano a ocupar o cargo. A programação da Winter School também inclui as palestras da coordenadora da Divisão de Paz e Segurança do Instituto Igarapé, Adriana Abdenur; da reitora assistente de Engajamento Global na O.P. Jindal Global University, na Índia, Karin Vazquez; do economista e professor visitante na Universidade Queen Mary de Londres, Leandro Valiati; do presidente e diretor executivo da Global Urban Development, Marc Weiss; e do diretor de Relações Internacionais de Porto Alegre, Rodrigo Corradi.

Pioneira na UFRGS e no Brasil, a Winter School on the Global South recebe ainda pesquisadores de países como Alemanha, Rússia e Estados Unidos, além de acadêmicos de diversas universidades do Brasil. Eles têm em andamento estudos sobre diplomacia econômica, agenda antirracista, relações entre mídia, poder e relações internacionais, segurança de recursos hídricos, diplomacia cultural e mudanças climáticas, entre outras temáticas.

 

Experiência no próprio Sul Global

Para a coordenadora da escola de inverno, Silvia Ferabolli, a Winter School é uma oportunidade para trocar ideias com outros pesquisadores sobre o Sul Global a partir de uma experiência no próprio Sul Global, já que o Brasil é um dos objetos de estudo da área. Segundo a professora, a expectativa é de que os participantes interajam com outros acadêmicos com interesses similares e que as parcerias vão além do evento.

Previsto para 2020, um livro com os trabalhos dos pesquisadores no envolvidos projeto será publicado pela Editora da Universidade, dando visibilidade internacional aos estudos sobre Global Sul desenvolvidos na UFRGS. A partir da experiência da escola de inverno, a Faculdade de Ciências Econômicas espera firmar novas parcerias com a Universidade de Cambridge e com outras instituições interessadas na cooperação para pesquisa sobre o Sul Global.

 

Professora Silvia Ferabolli, coordenadora da Winter School

 

Palestras gratuitas e abertas ao público

Parte da programação da escola de inverno é aberta ao público. Interessados podem se inscrever gratuitamente para a palestra The Geopolitics of Knowledge Production in and about the Global South, com Felipe Hernández e Eduardo Ernesto Fillipi, que acontece no dia 3 de setembro, às 18h30min, no Centro Cultural da UFRGS, sala Limoeiro (Rua Eng. Luiz Englert, 333 – Campus Centro). Hernández leciona Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Cambridge e se dedica a pesquisas sobre América Latina e outras áreas do mundo em desenvolvimento, incluindo África e Sudeste Asiático. Fillipi, professor da FCE, é doutor em Economia Política e estuda economia brasileira contemporânea, economia e meio ambiente e desenvolvimento socioeconômico.

Também é aberta ao público a palestra Sustainable Innovation and Inclusive Prosperity in the Global South, com Marc Weiss, no dia 5 de setembro, às 18h30min, no Centro Cultural da UFRGS, sala Limoeiro (Rua Eng. Luiz Englert, 333 – Campus Centro). Weiss é presidente e CEO da Global Urban Development (GUD), uma organização internacional de políticas e uma rede profissional de mais de 600 líderes e especialistas em 60 países. Em 2017, Weiss liderou a Zona de Inovação Sustentável de Porto Alegre (ZIS Poa).

As inscrições devem ser realizadas pelo http://bit.ly/WSGS2019. Dúvidas pelo e-mail winterschoolfce@ufrgs.br. Mais informações sobre a Winter School on the Global South no ufrgs.br/winterschool.

Se você encontrou algum erro nesta página, por favor, preencha o formulário abaixo e clique em enviar.