Set 172018
 

O Pograma de Pós-Graduação em Filosofia da UFRGS convida para a palestra a ser ministrada pelo doutorando

Rodrigo Ulhôa (UFRGS)

Data: 25/09/2018, terça-feira
Local: Miniauditório do IFCH
Horário: 16:30-18:10

Resumo: O Enativismo defende a tese geral de que a ação é constitutiva da cognição. Trata-se de uma ideia que perpassa a filosofia da mente, a fenomenologia, a ciência cognitiva e a biologia evolutiva. Sua origem pode ser rastreada na psicologia ecológica de Gibson (1979), embora tenha ganho destaque apenas com a obra The Embodied Mind (1991). Ele foi concebido originalmente como uma teoria da percepção visual, cujo propósito era minar a tese de que toda cognição envolve conteúdos representacionais. A partir disso, o enativismo foi estendido para se aplicar a outras formas de cognição e se desenvolveu em variedades mais ou menos radicais.