O conceitualismo na filosofia da percepção de Alva Nöe

 

Responsável: Eros Moreira de Carvalho

Resumo:

  • O objetivo principal desse projeto é articular e avaliar o conceitualismo defendido por Alva Noë em Action in Perception (2006) e em Varieties of Presence (2012). Peacocke (1998), Kelly (1998, 2001) e outros apresentaram objeções sérias ao conceitualismo. Neste projeto, nos interessa sobretudo investigar como Noë responde a essas objeções e avaliar o quanto ele é bem sucedido. A inovação na sua articulação do conceitualismo consiste em atacar mais diretamente aquilo que Robert Hanna (2005) denominou como “o problema do conceito”, ao identificar, em Action in Perception, a posse de habilidade sensorimotoras com a posse de conceitos. Através dessa identificação Noë pode elaborar não só a tese da influência de pensamentos sobre a percepção, mas também a tese de como o pensamento se apoia em habilidades práticas. Essa mesma identificação o permite desarmar os problemas epistemológicos que gravitam em torno da concepção da percepção como produtora de representações. Assim, Noë acaba se aproximando de uma concepção relacional da percepção. A articulação mais precisa das habilidades sensoriomotoras é levada a cabo por Noë em seu livro seguinte, Varieties of Presence. Pretendemos nesse projeto perseguir a evolução da compreensão de Noë das habilidades sensoriomotoras e as suas relações com as nossas habilidades conceituais para que possamos articular e avaliar adequadamente a sua posição conceitualista.

Participantes:

Data de início: