Proposições temporais, modalidade e atitudes proposicionais

 

Responsável: Paulo Francisco Estrella Faria

Resumo:

  • São objetivos deste projeto de pesquisa: (a)articular uma forma de temporalismo que, à maneira de Prior e Kaplan, trate os operandos temporais (isto é, da forma regimentada dos tempos verbais e advérbios de tempo)como proposições completas e temporalmente neutras, sem para isso abraçar uma ontologia presentista;(b)com vistas a esse resultado, examinar e avaliar criticamente os principais argumentos contra o temporalismo, com especial atenção aos que foram propostos pro Gareth Evans e Mark Richard; (c) identificar e isolar, nos argumentos de Evans e Richard, as considerações de natureza lógico-semântica daquelas que dependem de suposições metafísicas inarticuladas (no caso de Evans, sobre tempo e modalidade; no de Richard, sobre verdade);(d)examinar e avaliar criticamente os argumentos em favor do paralelismo tempos/mundos (em particular, os argumentos em favor do tratamento uniforme de operadores modais e temporais como quantificadores sobre tempo e mundo possíveis), com especial atenção aos que foram propostos por Barbara Partee, Jeffrey King, Philippe Schlenker e Jonathan Schaffer: (e) articular uma teoria sistemática das condições de constituição, retenção, reiteração e modificação (em suma, uma dinâmica cognitiva) de conteúdos temporalmente neutros.

Participantes:

Data de início: