Fase III – 2020-em andamento

Este projeto tem por objetivo produzir conhecimento sobre as relações entre pobreza e performance, assim como analisar o impacto que as performances (artísticas, culturais, sociais etc.) têm na vida das pessoas em situação de pobreza, procurando subsidiar novas políticas de combate à pobreza. Trabalha-se com a perspectiva dos Estudos da Performance, dos Estudos da Presença e da Etnocenologia para a manutenção de uma rede de pesquisadores, envolvendo seis países (Angola, Argentina, Brasil, França, Moçambique e Portugal). O trabalho se propõe a uma análise transversal coletiva dos dados produzidos a partir de leituras da bibliografia de referência, de trabalho sobre arquivos, de experimentações e de trabalho de campo. Os resultados esperados devem ser publicados em diversos artigos e livros em acesso aberto.