Divulgação

Anfíbios e Répteis

As espécies de anfíbios (sapos, rãs, pererecas e minhocões) e répteis (cobras, lagartos, anfisbenas e tartarugas) talvez sejam as que, com maior freqüência, inspiram sentimentos de repulsa ou medo nos humanos. Esse temor tem base na existência de toxinas potentes em algumas poucas espécies e na aparência que apresentam. A falta de conhecimento adequado sobre a importância e as características dessas espécies são certamente uma das causas desse conflito, agravando as ameaças à sua sobrevivência.

A informação sobre esses grupos está geralmente restrita à literatura científica, sendo muitas vezes de difícil acesso. Além disso, a carência de material didático adequado para vários grupos zoológicos é notória no Brasil e o Rio Grande do Sul não é exceção a essa regra.

O Laboratório de Herpetologia desenvolve projetos de extensão e educação ambiental visando a conservação e a divulgação de conhecimentos sobre os anfíbios e répteis.

Veja mais detalhes em Projetos em Divulgação e Materiais Audiovisuais disponíveis.