Flamengo campeão, e daí? Podcast analisa cobertura midiática dos títulos dos cariocas

Chefe de reportagem de Esportes da Rádio Bandeirantes RS revela bastidores da imprensa esportiva e avalia atenção dedicada aos títulos flamenguistas da Libertadores e do Brasileirão.

#ConversaHumanista

“Uma vez Flamengo, sempre Flamengo”, diz a primeira frase do hino do clube carioca, mais do que nunca em evidência na mídia nacional depois de vencer no mesmo ano – no mesmo fim de semana, precisamente – a Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro. Quem consumiu alguma mídia nos últimos dias, certamente comprovou: sempre Flamengo. Afinal, o feito é inédito. Mas e daí? É a provocação que faz o sexto episódio da segunda temporada do #ConversaHumanista.

Com a presença do chefe de reportagem de Esportes da Rádio Bandeirantes RS, Thaigor Janke, o podcast que debate a produção midiática e promove educação para a leitura do jornalismo em tempos de desinformação revela bastidores da cobertura esportiva. Questões como valores-notícia atribuídos ao Flamengo, que ostenta a maior torcida do país, time preferido em 21 dos 27 estados brasileiros (considerando o Distrito Federal); ou ainda a forma como é feita a pauta de programas esportivos que se dedicam a cobrir os times de Porto Alegre: Grêmio e Internacional.

Mas, os números em torno dos cariocas justificam a atenção conferida aos títulos nos últimos dias? Por outro lado, e a cobertura da tragédia que vitimou 10 adolescentes flamenguistas da base do clube que sonhavam com o profissional, no início de 2019? Perguntas para as quais Thaigor Janke contribui com respostas ao lado de Rene Almeida, que foi repórter do Humanista no semestre passado e pesquisa jornalismo esportivo no seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), Elias Santos e Gabriela Plentz, repórteres do portal. Ouça!



O podcast

O #ConversaHumanista é produzido quinzenalmente por estudantes da disciplina de Laboratório de Jornalismo Convergente da Fabico/UFRGS, com técnica de Neudimar da Rocha, sob a supervisão do professor Felipe Moura de Oliveira. Confira aqui todos os episódios, que também estão disponíveis no SoundCloud e no Spotify.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *