Humanista lança podcast sobre imigração e refúgio; ouça o primeiro episódio

Projeto de extensão em parceria com o Grupo de Assessoria a Imigrantes e a Refugiados da UFRGS visa a informar público sobre direitos sociais e a estimular empatia entre brasileiros.

Migração Humanista

Em 10 de dezembro de 1948, a Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) aprovava a Declaração Universal dos Direitos Humanos. No contexto pós-Segunda Guerra Mundial, um dos objetivos era superar o nacionalismo exacerbado que originara o conflito e firmar um acordo comum que garantisse o respeito à dignidade humana. Solidariedade, hospitalidade e empatia foram valores que inspiraram o texto. Ainda que o documento tenha sido um passo importante, ainda são muitos os desafios para que seja plenamente cumprido na prática.

Dentre os desafios  está a intensificação da crise migratória com o aumento do fluxo de deslocados em várias regiões do mundo, inclusive na  América Latina e no Brasil, que se constituem também como destinos para muitos migrantes. Produzir informação sobre as implicações desse fenômeno é o propósito do podcast Migração Humanista, que estreia nesta terça-feira, dia 10. A iniciativa é viabilizada por meio de um projeto de extensão mantido em parceria com o Gaire (Grupo de Assessoria a Imigrantes e a Refugiados) da UFRGS e para informar imigrantes, refugiados e pessoas em situação de refúgio sobre direitos sociais a que têm direito no Brasil de um lado e, de outro, fazer circular essas informações também entre brasileiros, estimulando o acolhimento de estrangeiros e o respeito à legislação vigente.

No primeiro episódio de estreia da primeira temporada, Jadde Molossi e Juliana Maciel, repórteres do Humanista, tratam do Estatuto do Estrangeiro  e da nova Lei de Migração, na companhia da advogada e pesquisadora Marcia Abreu, especialista no tema. A técnica de áudio é de Neudimar da Rocha. Ouça!



Migração Humanista

O podcast surgiu de conversas entre a jornalista Anelise Schütz Dias, voluntária no Gaire e pesquisadora de doutorado no PPGCOM da Fabico com tese que discute jornalismo e direitos humanos, e o professor Felipe Moura de Oliveira, responsável pela disciplina Laboratório de Jornalismo Convergente, que produz o Humanista.

Segundo Anelise, o GAIRE identificou a necessidade de fazer circular informações qualificadas sobre questões relacionadas a direitos tanto entre imigrantes quanto entre a sociedade brasileira em geral, sobretudo os profissionais de serviços públicos, que passam a enfrentar novos desafios com a intensificação dos fluxos migratórios e que nem sempre estão preparados para essa acolhida pelo desconhecimento da legislação e da própria realidade da migração. 

A primeira temporada do Migração Humanista, intitulada “Legislação Migratória”, conta ainda com mais dois episódios, que serão veiculados ainda em 2019: tipos de vistos na Lei de Migração (segundo episódio); e portarias e regulamentação da nova legislação (terceiro episódio). A segunda temporada, que versa sobre refúgio, deve ir ao ar em janeiro de 2020 com quatro episódios: diferença entre refúgio e imigração; quais direitos são garantidos aos refugiados; Conare e a solicitação de refúgio; e ACNUR.

As primeiras duas temporadas do podcast foram produzidas a partir da Ação de Extensão “41863 – Jornalismo, direitos humanos e informação sobre refúgio e imigração”, que, além do professor Felipe de Oliveira, da Fabico, tem na coordenação a professora Roberta Camineiro Baggio, da Faculdade de Direito da UFRGS e representante do Gaire; também participaram da execução do projeto os estudantes Marina Paraboni, Gabriel Narciso Pareja, Moara Curubeto Lona de Miranda, todos do curso de Direito, e alunos de Jornalismo que se inscreveram para a ação.


FOTO DE CAPA: arte sobre imagem de kalhh/pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *