As habilidades essenciais de um time dinâmico e inovador

innNos dias de hoje observamos o crescimento de novas tecnologias, do papel do regulador, da atuação do governo, do maior poder do consumidor e naturalmente da ação da concorrência. Além disto, as barreiras de entrada vêm caindo sistematicamente, devido à adoção em larga escala de plataformas digitais. Para este contexto de grande complexidade, um empreendimento, seja ele grande ou pequeno, deve considerar na estruturação de seu time habilidades técnicas e habilidades comportamentais. Estas últimas são as mais difíceis de avaliar, mas algumas destas habilidades que devem estar presentes em cada membro de seu time:

1. Facilidade de trabalho em time e espírito colaborativo: A adaptabilidade dos times é exigida constantemente, o que envolve a montagem imediata de equipes que nunca atuaram juntas. A velocidade com que o time engata colaborativamente num novo projeto é fundamental. Contrate pessoas que já trabalharam em equipes diferentes antes, privilegiando a diversidade e a facilidade com que compartilham experiências e conhecimento.

2. Qualidade de comunicação: Saber se expressar muito bem, especialmente em publico, é um dos grandes diferenciais dos empreendedores norte-americanos, sendo treinados desde a infância. A comunicação de qualidade está na coesão e objetividade, bem com no correto entendimento do publico alvo a ser atingido. Além disto, trabalhar em equipe exige fluência na interlocução entre as partes interessadas.

3. Auto liderança: Para obter maior agilidade, melhor adaptabilidade e menor tempo de respostas nas tomadas de decisão, o espírito de liderança precisa estar no DNA do time, que tenderá mais a pedir desculpas por um insucesso e irá corrigi-lo, do que solicitará autorização para as suas ações do dia a dia.  Assim, busque montar uma equipe coesa, onde todos já tiveram experiências em coordenação.

4. Solucionador de problemas: Solucionar problemas significa assumir riscos e trazer para si as responsabilidades. Assim, ao contratar busque identificar o grau de resiliência quanto aos erros cometidos e críticas recebidas. E, fundamentalmente, o que apreendeu de cada uma dessas oportunidades.

5. Atitude: Não espere mais colaboradores que vistam a camisa da empresa, pois o mundo de hoje exige relações bidirecionais. Isto exigirá do gestor atitudes continuadas para promover desafios, feedback e reconhecimento o tempo todo. Pense no time como um ativo que precisa ser cuidado. Para a montagem do seu time, busque identificar elementos como Assertividade, Serenidade e Engajamento. Coloque no time pessoas que trazem os problemas para si e evite àquelas que vivem escorregando deles, como sabonetes.

Sua equipe deve demonstrar elevada competência e destacado grau de comprometimento. Seus membros são alinhados a valores comuns, seguem uma mesma visão e tem os mesmos objetivos. Junto com um alto grau de engajamento, deve trazer diversidade e multiplicidade de conhecimentos, habilidades, opiniões e ideias.

Werther Krause é co-fundador e diretor-executivo da Intrinseco Consultoria e Inovação além de mentor de empresas participantes do Endeavor Innovation Program.

Fonte: http://www.endeavor.org.br/

Gostou?, compartilhe em:
Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Facebook
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *