A Universidade como agente de desenvolvimento econômico

O Brasil não se sai bem em rankings que apontam quais são as nações que mais inovam em produtos, serviços ou processos. O fruto que os países que mais inovam colhem, contudo, é bem conhecido: desenvolvimento econômico. A receita também: aproximação entre centros de pesquisa tecnológica, empresas e governo. Veja como isso pode ser implementado aqui. Artigo de Jader Pavão Júnior – Veja.com