Mestrado - Atribuir e corrigir : significados das violências na construção das identidades sexuais e de gênero de jovens de Porto Alegre

Autor: Andriotti, Maria Gabriela Costa Dias
Orientador: Teixeira, Alex Niche
PPG: Sociologia
Link: http://hdl.handle.net/10183/204420

Este trabalho trata das violências relacionadas às identidades sexuais e de gênero na juventude. Buscou-se responder à questão: Como os jovens significam as violências relacionadas à construção das suas identidades sexuais e de gênero? Para a coleta de dados, como recurso metodológico, foram realizados nove grupos focais com 76 jovens de 16 a 22 anos em cinco Escolas Estaduais de Ensino Médio de Porto Alegre. O objetivo geral foi compreender quais são as principais formas de significar essas violências nas falas dos jovens participantes. Mais especificamente, buscou-se identificar as expectativas sociais sentidas pelas e pelos jovens em relação às suas identidades sexuais e de gênero, bem como quais conflitos se colocavam frente a essas expectativas. Também buscou-se apontar quais reações ao não cumprimento dessas expectativas são vistos como violências por eles e compreender quais significados vinculam às violências. Obteve-se como resultado duas tipologias de significados dados. A primeira diz respeito às violências que visam a atribuir identidades ou significados às identidades com as quais esses jovens não se identificam. Este tipo está relacionado à produção de identidades pela rotulagem e diferenciação. A segunda diz respeito às violências significadas como buscando corrigir identidades desviantes. Este tipo está vinculado à perspectiva da juventude enquanto período de ensaio e erro, passível de correção.