Núcleo de Pesquisa em História comemora seus 40 anos: conheça um pouco sobre o acervo e principais atividades

O Núcleo de Pesquisa em História (NPH) da UFRGS foi criado em 1982, a partir de documentos do extinto Gabinete de Pesquisa em História do Rio Grande do Sul e do projeto de pesquisa “Processo de Industrialização do Rio Grande do Sul” e do “ Movimento Operário”. Atualmente coordenado pela professora Cybele Crossetti de Almeida, do Departamento e do PPG em História da Casa, o acervo encontra-se em constante expansão, através de doações e parcerias.

Seu patrimônio constitui a história sul-rio-grandense, brasileira, latino-americana e europeia por meio de famílias, organizações e instituições. São registros em diversos idiomas disponíveis em papel, microfilme, VHS e formatos digitais diversos. Os recursos são diversos, desde o passado alemão referente aos Schreinsbücher, manuscritos de 18 capitanias da América portuguesa, até a história do trabalho e dos trabalhadores e política do Brasil e da América Latina do século XX.

Vinculado ao Departamento e PPG em História e ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UFRGS, o Núcleo tem como objetivo prestar apoio às atividades de ensino, pesquisa e extensão. Além de colaborar com a realização dos Estágios obrigatórios do Bacharelado em História, o NPH oferece alguns projetos e ação de extensão,  que ainda estão vigentes:

 

  • Vivenciando desigualdades: a construção de jogos pedagógicos para o ensino de história: Conjunto de ações voltadas a graduandos em História, professores e estudantes da Educação Básica, estruturado em grupos de estudos, capacitações, cursos, produção e aplicação de jogos pedagógicos para o ensino de História.  

 

  • Projeto  NPHDigit@l: pretende consolidar e aprimorar o NPHDigit@l, site de exposições virtuais e de disponibilização do patrimônio documental digitalizado do Núcleo de Pesquisa em História da UFRGS.  

 

  • Ofícios d@ Historiador@:  A ação visa divulgar as possibilidades atuais de exercício profissional de historiadores e historiadoras no Brasil, com vídeos disponibilizados no canal do NPH no youtube. 

 

  • Minicurso Paleografia Medieval e Digital Humanities: ação educativa direcionada a estudantes de graduação e pós-graduação em História, Filosofia e Letras. As atividades foram realizadas com a Coleção Schreinsbücher da cidade de Colônia, e outros conjuntos documentais do NPH. O aprendizado da técnica paleográfica aliada ao uso de scanners modernos e ao tratamento de imagens estimula a reflexão entre graduandos e pós-graduandos sobre a presença da tecnologia no âmbito de fontes e suportes tradicionais de informação e seus possíveis impactos na construção do conhecimento.

 

  • Documentando a experiência da COVID-19 no Rio Grande do Sul: atividade que faz parte das ações do REPHO (Repositório de Entrevistas de História Oral/UFRGS), coordenado pela prof. Carla Rodeghero e que reúne acervo de fontes em História Oral.

 

O NPH também organiza eventos, como “Questões para a História Negra do Rio Grande do Sul”, “Questões para a História Negra do Rio Grande do Sul” e o Curso de Formação para Professores (PEP UFRGS-APERS). Fique por dentro de novas pesquisas, atividades e novidades do acervo em https://www.ufrgs.br/nph/ .