Exposição “De andar por aí!”, que apresenta obras do LAFOCA — Laboratório de Fotocerâmica Artística, permanece até 29/11 no IA/UFRGS. Entrada franca.



Evento: exposição De andar por aí!, que apresenta obras do LAFOCA — Laboratório de Fotocerâmica Artística
Organização: LAFOCA — Laboratório de Fotocerâmica Artística
Curadoria: Carusto Camargo, professor do IA/UFRGS
Visitação: até 29 de novembro, de segunda a sexta, das 10 às 18h
Local: Pinacoteca Barão de Santo Ângelo do IA/UFRGS (Rua Senhor dos Passos, 248, segundo andar — Centro Histórico, Porto Alegre)
Ingresso: entrada franca

Imagens: cedidas pelos artistas

Eventos relacionados:
11/11, 13h45, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Porto Alegre – EPA (Rua Washington Luiz, 203 — Centro Histórico, Porto Alegre): Vivência em fotocerâmica. Mediação: Daniela Cidade
20/11, 15h, na Pinacoteca do IA/UFRGS (Rua Senhor dos Passos, 248 — Centro Histórico, Porto Alegre): Roda de conversa. Mediação: Cláudia Zanatta.

A exposição De andar por aí! apresenta produções em fotocerâmica realizadas pelos integrantes do LAFOCA – Laboratório de Fotocerâmica Artística do Instituto de Artes da UFRGS. Nos últimos três anos, alunos da graduação, parceiros externos, artistas residentes e convidados compartilharam sensibilidades e desejos artísticos e políticos. Mais do que um recorte da produção até o momento, a mostra De andar por aí! é um ponto de encontro gerador de multiplicidades futuras que desejam a construção de um saber compartilhado, como ocorreu com a parceria com o Coletivo ACARADARUA/EPA, formado pelos alunos da Emef Porto Alegre.

De andar por aí! apresenta visualidades que abordam a cerâmica, a fotografia, a imagem, a memória, a perda e a permanência. Fala de um corpo-presença que, em um movimento íntimo, por trajetos cotidianos, afetivos e políticos, busca ser o outro para, externo à sua couraça, ver o que muitas vezes está imerso em uma névoa turva de esquecimento e de indiferença. A fenda que desvela o não percebido, o não dito, ocorre e é gerada no encontro entre fragmentos poéticos diversos. Escutas das cidades, dos corpos, dos organismos, dos objetos e dos povos que nos circundam. De andar por aí! nos oferece exercícios de intimidade, ludicidade, pertencimento, empoderamento, generosidade e resistência.

Artistas que participam da exposição: Coletivo ACARADARUA/EPA (formado pelos alunos da Emef Porto Alegre), Ailton p. J., Carusto Camargo, Cláudia Zanatta, Daniela Cidade, Juliana Steinbach, Keô Klee Noll, Luciana Firpo, Luiz Eduardo Achutti, Mailson Fantinel, Manoela Cavalinho, Samy Sfoggia, Sonia Bogaz, Tania Schmidt e Viviane Diehl.


Comments are closed.