Bacharelado em Música


História do Curso de Música
Em 1908, com a fundação do Instituto Livre de Belas Artes foram criados os Cursos de Instrumentos, Teoria Musical, Harmonia, Canto Coral e Composição, que foram reconhecidos como Curso Superior de Música em 20 de maio de 1941, juntamente com o reconhecimento do Instituto de Belas Artes do Rio Grande do Sul, através do Decreto Nº 7197. Em 1964, o Curso Superior de Música foi desdobrado em Cursos de Graduação em Canto, em Instrumentos e em Composições e Regência. Em 1965, foi criado o Curso de Formação de Professor de Educação Musical que em 1969, devido ao Parecer Nº 571/69 do CFE, passou a denominar-se Licenciatura em Música, passando, em 1974, após reestruturação curricular, a denominar-se Licenciatura em Educação Artística-Habilitação Música. Em 1982, devido à Resolução 1/80 da Câmara de Letras e Artes do COCEP, foi criado o Bacharelado em Música, que então sucedeu aos Cursos de Graduação, com as habilitações em Canto, Piano, Órgão, Cordas ou Sopro, Composição e Regência.

Em 1987, a Licenciatura em Educação Artística passou a constituir mais uma Habilitação do Curso de Música e, em 1988, foi criada a Habilitação Regência Coral que sucedeu a habilitação Regência. Em 2012, a partir de um amplo debate no contexto do Departamento de Música e da Pró-Reitoria de Graduação, foi criado o Bacharelado em Música – Música Popular.

Formação acadêmica
O Bacharelado em Música tem em vista a formação do instrumentista e do cantor. Possibilita, ainda, a formação do compositor e do regente de coros que, além das suas atribuições específicas, terão as de direção conferidas pela Lei nº 3857 de 22 de dezembro de 1960.

Ingresso e vagas
O Curso de Música é mantido pelo Departamento e Música do Instituto de Artes da UFRGS. O ingresso ao Curso é feito via Concurso Vestibular. O curso de Música oferece 65 vagas, com ingresso anual e início do curso sempre no 1º semestre letivo. Não há um número fixo para cada uma das habilitações e ênfases do curso (a saber: Licenciatura em Música, Bacharelado em Música – Habilitação em Canto OU Teclado OU Cordas e Sopros OU Regência Coral OU Composição OU Música Popular).

Currículo
O currículo do curso abrange uma sequência de disciplinas e atividades ordenadas por matrículas semestrais em uma seriação aconselhada. Composto de disciplinas de caráter obrigatório e por um conjunto de disciplinas de caráter eletivo, deve ser cumprido integralmente pelo aluno a fim de que ele possa qualificar-se para a obtenção do diploma.

Seguir a seriação de matrícula aconselhada é a melhor forma do estudante concluir o curso na duração prevista e evitar problemas em sua matrícula. Os alunos cumprirão um currículo composto pelas seguintes habilitações específicas:

  • Canto (420.01) (08 semestres)
  • Teclado (piano e órgão) (420.02) (08 semestres)
  • Cordas e Sopros (violino, viola, violoncelo, contrabaixo, violão, flauta doce, flauta transversa, clarinete, oboé, fagote e saxofone) (420.03) (08 semestres)
  • Regência Coral (420.04) (08 semestres)
  • Composição (420.05) (08 semestres)
  • Música Popular (420.07) (08 semestres)

Titulações
As titulações conferidas no curso de bacharelado é de Bacharel em:

  • Canto
  • Teclado (piano ou órgão)
  • Cordas e Sopros (violino, viola, violão, flauta, clarinete, oboé, saxofone)
  • Regência Coral
  • Composição
  • Música Popular

Número de créditos para diplomação

  • Bacharelado em Música – Canto (164)
  • Bacharelado em Música – Teclado (160)
  • Bacharelado em Música – Cordas e Sopros (160)
  • Bacharelado em Música – Regência Coral (163)
  • Bacharelado em Música – Composição (166)
  • Bacharelado em Música – Música Popular (162)