MIELNICZUK, Luciana. Jornalismo na Web: uma contribuição para o estudo do formato da notícia na escrita hipertextual. Tese (Doutorado em Comunicação e Culturas Contemporânea), Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2003. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/jordi/wp-content/uploads/2016/05/Jornalismo-na-Web-uma-contribui%C3%A7%C3%A3o-para-o-estudo-do-formato-da-not%C3%ADcia-na-escrita-hipertextual.pdf>. Acesso em: XX XX. 2016.

Resumo:

O jornalismo desenvolvido para a web surge no início dos anos 90 e, em uma década de história, os webjornais ainda são produtos em elaboração que passam por constantes e significativas transformações. O presente trabalho tem como preocupação central o formato da notícia disponibilizada por tais produtos e se propõe a sistematizar conhecimentos que não só viabilizem a compreensão do fenômeno, mas também possam contribuir para estudos mais específicos sobre o assunto. Ao longo de todo o texto, o trabalho de pesquisa bibliográfica é complementado por exemplos empíricos que, em alguns momentos, apenas ilustram, mas em outros, sustentam a reformulação ou até mesmo a formulação de questões. Busca-se, na teoria do hipertexto, embasamento para explicar as especificidades da narrativa do fato jornalístico na web, um texto fragmentado – composto por texto impresso, sons e imagens – interconectado por links. Propõe-se que o link exerce funções paratextuais na narrativa jornalística hipertextual. Discute-se as metamorfoses sofridas pela Pirâmide Invertida nos diferentes suportes e também a aplicabilidade desse modelo na web. Por último, utiliza-se as idéias de ruptura e potencialização para pensar o desenvolvimento do webjornalismo.

Palavras-chave: webjornalismo, jornalismo digital, internet, teoria do hipertexto, paratexto

Baixe o PDF de Jornalismo na Web- uma contribuição para o estudo do formato da notícia na escrita hipertextual