ebook-capaMIELNICZUK, L.; DIAS, Maurício . Narrativa transmídia no jornalismo: a interferência da audiência na circulação da história Cablegate a partir do Twitter.. In: PERUZZOLO, Adair; MAGGIONE, Fabiano; WOTTRICH, Laura; PERSIGO, Patrícia.. (Org.). Práticas e discursos midiáticos: representação, sociedade e tecnologia.. 1ed.Santa Maria: FACOS, 2012, v. 1, p. 188-213.

Resumo:

O presente artigo estuda o espalhamento (atuação da audiência na circulação), um dos operadores da narrativa trans- mídia – concepção utilizada por Jenkins (2009a, 2009b) para explicar o padrão de contar histórias com o uso combinado de diferentes plataformas midiáticas aliado à participação ativa da audiência. Para pesquisar o espalhamento no jornalismo, recorreu-se à avaliação dos retuites relacionados aos grupos jornalísticos El País e Guard- ian durante o primeiro mês da história Cablegate (vazamento de 250 mil documentos diplomáticos trocados entre as embaixadas norte- americanas e a Secretaria de Estado dos EUA).

Palavras-chave: jornalismo digital, cultura da convergência, narrativa transmídia, espalhamento, Twitter

Abstract:

This paper analyze the spreadability (audience performance regarding circulation), one of the operators of trans- media storytelling – conception used by Jenkins (2009a, 2009b) to explain the pattern of history telling with the combined use of different media platforms allied to active participation of the audi- ence. To study spreadability concerning journalism, an evaluation of the retweets related do journalistic groups El País and Guardian for the rst month of Cablegate History (leak of 250 thousand diplomatic documents exchanged between US Embassy and US State Department) was used.

Keywords: digital journalism – convergence culture – trans- media storytelling – spreadability – Twitter.

Sinopse do livro:

A obra é constituída de dez artigos, derivados das dissertações de Mestrado defendidas em 2010 no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Midiática (POSCOM) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Está dividida de acordo com as duas linhas de pesquisa do POSCOM: “Mídia e Identidades Contemporâneas” e “Mídia e Estratégias Comunicacionais”.Os trabalhos são permeados de discussões sobre a relação entre mídia e sociedade, por meio de diferentes metodologias, aportes teóricos e objetos empíricos, tais como revistas, jornais, organizações, publicidade, telenovela, charge e mídias sociais digitais.

Baixe o PDF:
Práticas e discursos midiáticos: representação, sociedade e tecnologia