Apresentação

O projeto propõe o estudo da imprensa literária do Rio Grande do Sul na segunda metade do século XIX. No período, nasceram e morreram inúmeros jornais de cunho literário no Estado. Foram cerca de 70 publicações inspiradas e atuantes que, com sua presença, animaram a vida intelectual da província. O surgimento de tais periódicos está relacionado ao desenvolvimento da literatura gaúcha, ao aparecimento dos primeiros grupos literários na região e à formação de um novo público leitor. Pretendemos analisar a imprensa literária que teve lugar nessa época, através do estudo de seus textos e contextos, tanto de produção, quanto de recepção pelos leitores.

Saiba mais

beco do fanha caldas junior

Beco do Fanha, Porto Alegre, 1880 (Acervo do Museu Joaquim José Felizardo – Fototeca Sioma Breitman) 
Rua Caldas Júnior, 2013 (Nádia Alibio)