Projeto incentiva educadores e educadoras infantis a se expressarem por meio da arte

Artes Visuais | Série de oficinas A arte de brincar com arte oferece atividades lúdicas e artísticas a fim de contribuir com a formação de docentes

Foto: Camila Peres/Arquivo Paed

Transportar educadores e educadoras de crianças para um mundo de arte, poesia e criação. Esse é um dos objetivos do projeto de extensão A arte de brincar com arte, uma série de oficinas gratuitas destinadas a docentes de pré-escolas ou séries iniciais e estudantes de Artes Visuais ou Pedagogia. Ao longo de quinze encontros virtuais quinzenais, com início em dois de agosto, sempre às 9h, os participantes serão estimulados a desenvolver atividades lúdicas e a assumir, novamente, o papel de criança.

Os professores serão incentivados a criar personagens em narrativas e minicontos, a brincar com o próprio corpo com maquiagem e a produzir fantoches e jogos. Os encontros pretendem, segundo Paula Mastroberti, docente do Instituto de Artes (IA/UFRGS) e coordenadora do projeto, estimular a relação entre docentes e infância para tornar a comunicação entre educadores e educandos mais afetiva. “Eles terão que voltar a ser crianças, terão que pensar a si dessa forma, para que, quando retornarem às salas de aula, possam se sentir mais conectados aos seus alunos”, diz Paula.

Apesar de os adultos serem o público-alvo das oficinas, os pequenos também poderão usufruir dos resultados da ação. Isso porque a iniciativa tem a intenção de fazer com que os professores se sintam revigorados para desenvolver atividades artísticas com os seus alunos a partir das experiências nas oficinas, ainda que dar fórmulas para a elaboração de tais atividades não seja objetivo do projeto.

“A educação infantil é uma área em que a arte tem muita importância, porque ela se torna o meio pelo qual a criança melhor se expressa enquanto não é plenamente alfabetizada. É impossível formar bons cidadãos sem que crianças e jovens consigam pensar e se expressar de maneira criativo-poética”

Paula Mastroberti
Na imagem de capa, a ex-bolsista do Paed Luana Kurtz Rettamozo em atividade na Creche Francesca Zacaro Faraco, em 2016; acima, bebê brincando com tintas em oficina ministrada pela ex-bolsista Isabella Mazon no Centro Integrado de Desenvolvimento (CID) em 2017 (Foto: Isabella Mazzon/Arquivo Paed)

As oficinas são iniciativa do Programa de Apoio Extra-Disciplinar para o Curso de Licenciatura em Artes Visuais (Paed/UFRGS), criado em 2016 pela professora Paula Mastroberti. A iniciativa tem como principal objetivo a ampliação das experiências de aprendizagem dos licenciandos em Artes Visuais da UFRGS para além do currículo do curso, a partir de ações como a série de oficinas e estágios na educação infantil. O programa também envolve a comunidade de diplomados e diplomadas do curso, a exemplo de algumas ministrantes da ação A arte de brincar com arte.

Nascido em meio à nova realidade da educação decorrente da pandemia do coronavírus, o projeto é ainda uma resposta a esse novo ambiente educacional. Segundo Paula, o projeto surgiu devido à impossibilidade de dar continuidade à atuação dos e das bolsistas do Paed na educação infantil, em razão da suspensão das aulas presenciais. A intenção é manter, pelo estímulo à formação dos professores, o vínculo entre o programa e a educação de crianças.

Devido à alta procura, o projeto está recebendo inscrições apenas para lista de espera. Mais informações estão disponíveis pelo e-mail paed.ufrgs@gmail.com.