Veja como os agrotóxicos matam as abelhas

*Publicado na Edição 225 do JU

Meio Ambiente| Estudos indicam que inseticidas e herbicidas podem estar relacionados com a morte dessas polinizadoras

Aplicado principalmente no cultivo da soja, o inseticida fipronil é apontado como o principal causador da morte de abelhas no Rio Grande do Sul. Além do produto, pesquisas científicas têm mostrado que inseticidas feitos com neonicotinoides e agrotóxicos classificados como herbicidas também prejudicam as polinizadoras.

Leia também:
Paraíso do veneno: subsídios para os agrotóxicos superam R$14 bilhões
Agrotóxicos podem ter causado a morte de 480 mi de abelhas no RS

Clique na imagem para ampliar o infográfico:

Arte: Clara Marques Vasques

Fernanda da Costa

Repórter