O Laboratório de Geoprocessamento e a Secretaria de Infraestrutura da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)  colocam no ar um localizador espacial para os quatro Campi da Universidade em Porto Alegre, a Estação Experimental Agronômica (EEA), em Eldorado do Sul, e as colônias de férias e o Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (CECLIMAR), no litoral.
 
Com base nas plantas prediais disponíveis no Departamento de Obras, foi estruturada uma camada vetorial georreferenciada reunindo  os polígonos de todos os prédios. Cada prédio recebeu como identificador o código correspondente ao espaço físico, utilizado como vínculo para o  banco de dados sobre o espaço físico. Este processo contou com importante apoio do CPD (Centro de Processamento de Dados), especialmente para a criação dos serviços de consulta ao banco de dados.
 
Desde o dia 10 de outubro de 2011 o serviço de geolocalização foi incluído no rodapé da página inicial da UFRGS. Desenvolvido em softwarelivre, no estágio atual o geolocalizador permite realizar consultas para centralizar  a visualização qualquer um dos Campi e para localizar os prédios individuais. Para o futuro pretende-se incluir também outros pontos de interesse (bancos, restaurantes, livrarias, etc.) e detalhar as plantas dos prédios até o nível de sala, com vistas a fornecer uma ferramenta útil para a gestão de todo espaço físico da universidade.