MuseuPSI

Dificuldades para a conservação e preservação de material de interesse histórico, ou mesmo livros e periódicos antigos, restringem severamente o acesso a obras raras e a acervos de algumas décadas atrás. Muitas vezes, esses materiais são descartados das bibliotecas por falta de espaço nas prateleiras, perdendo-se completamente.

O argumento das bibliotecárias é fulminante: se ninguém está consultando exclua-se do acervo. A preservação da memória e a sistematização da história da ciência no Brasil são imprescindíveis para a compreensão crítica de tendências atuais, para o planejamento de ações futuras, e para a formação ética. O MUSEU VIRTUAL DA PSICOLOGIA NO BRASIL (MuseuPSI) tem por objetivo disponibilizar livros, artigos, documentos de valor histórico e estudos historiográficos.

O MuseuPSI está iniciando com materiais e documentos de arquivos e bibliotecas do Estado do Rio Grande do Sul, com materiais históricos do Laboratório de Avaliação Psicológica da UFRGS e com alguns textos já produzidos pelo Núcleo de Epistemologia e História da Psicologia da UFRGS. Com a consolidação do sistema, o Museu estará acionando uma rede de links para materiais históricos de diversas partes do Brasil, contando para tanto com a colaboração do Grupo de Trabalho e História da Psicologia da ANPEPP. Espera-se que o MuseuPSI possa incentivar e consolidar o movimento de recuperação da memória e de valorização da historiografia da ciência no Brasil. O respeito à memória não se reduz a homenagens e a celebrações de datas convencionais, como cinqüentenários e centenários. As celebrações são importantes, mas elas ficam bem mais interessantes e verdadeiras quando podem apresentar como evidências as obras daqueles que nos precederam. Para tanto, não há milagres, é preciso preservar mesmo. Na formação em psicologia, o estudo da história é um método fundamental para diferenciação dos pressupostos básicos das várias linhas teóricas que sustentam nossas ações na pesquisa e na prática