• some image

    LAMEF
    UNIDADE EMBRAPII

  • some image

    CHÂTEAU

  • some image

    LAMEF
    UNIDADE EMBRAPII

  • some image

    RISERS FLEXÍVEIS

  • some image

    RISERS FLEXÍVEIS

  • some image

    MÁQUINA DE SOLDAGEM POR FRICÇÃO

  • some image

    MANGOTES

some image

TECNOLOGIA E INTEGRIDADE DE DUTOS

Um duto é um componente ou parte de uma estrutura, que é projetado para resistir à ação de carregamentos. Eles podem ser de pequeno porte ou tão grandes quanto para equipamentos ou estruturas como tubulações industriais ou Risers em plataformas de exploração de petróleo e estruturas submarinas. A Determinação da confiabilidade consiste na aplicação de técnicas multidisciplinares que permitam projetar o componente, sua vida útil ou ainda estabelecer o estágio de dano em que ele se encontra. O principal objetivo das tecnologias empregadas nesta área é garantir o seu perfeito funcionamento e a segurança de trabalhadores e do meio ambiente.

Acidentes envolvendo a perda da integridade de componentes estruturais como o colapso de oleodutos ou gasodutos além daqueles usados para transporte de substâncias tóxicas ou agressivas acarretam prejuízos materiais, impactos ambientais e podem ocasionar a morte de pessoas. As falhas estruturais ocorrem principalmente devido a erros de projeto, desrespeito às especificações técnicas na fase de fabricação ou condições de operação incorretas. Porém, é importante ressaltar que, mesmo em condições de operação normais, os dutos, em geral, sofrem um processo de degradação e acumulam dano ao longo de sua vida. Portanto, estes componentes importantes precisam ter um projeto adequado e sua integridade avaliada periodicamente.

É fundamental a aplicação dos conceitos e procedimentos de avaliação da confiabilidade e integridade que permitam prever o comportamento futuro do componente além de estabelecer a condição de segurança em que vai atuar e também subsidiando decisões futuras relativas a inspeção, monitoração, eventuais reparos ou mesmo substituição do componente. Essas ações de manutenção e de controle de degradação geram condições para estender a vida útil desses componentes ou de instalações industriais inteiras. O desenvolvimento de avaliações de integridade estrutural envolve diferentes disciplinas de engenharia, sendo as principais: análise de tensões, comportamento mecânico dos materiais, mecânica da fratura, fadiga e simulação por elementos finitos.

some image