A cidade ofertada pelo jornalismo cultural : análise da coluna Seleção da semana de O Estado de S. Paulo (abril-setembro de 2012)

Esta dissertação analisa que cidade é oferecida pelo jornalismo cultural a partir da perspectiva da urbe como mercadoria. Para problematizar a questão, nossa escolha recaiu sobre o estudo da coluna Seleção da semana, do Caderno 2 de O Estado de S. Paulo. Primeiramente fizemos um percurso teórico que teve início no cruzamento entre o nascimento do jornalismo e a expansão das cidades, para então desenvolver o conceito de jornalismo cultural, um produto próprio das cidades em um contexto nascente de consumo cultural. A cidade é então o lugar da cultura e da comunicação; o jornalismo, por sua vez, como uma construção da realidade, é um intermediário desse sistema cultural. As transformações sociais, políticas e econômicas do século XX alçaram as cidades como protagonistas do cenário global e consolidaram práticas de mercantilização da cultura, passando o consumo a ser um referencial de identidade. Após o aprofundamento teórico, na segunda parte da nossa pesquisa nos debruçamos sobre 27 edições da coluna Seleção da semana, totalizando um universo de 162 textos. Por meio da análise de conteúdo, buscamos identificar que tipo de produção cultural circula pela coluna, em que lugares de São Paulo a cultura acontece e, tendo respondido a isso, verificar a existência de um mapa de consumo da cultura na cidade. A partir dessa análise verificamos que o jornalismo cultural mostra uma cidade que reúne um mundo dentro de si e que é um lugar de convergência da cultura, fazendo jus a título de uma das doze capitais culturais do mundo.

Download

Dissertação de Mestrado

Autora: MOGENDORFF, Janine Regina

Orientadora: GOLIN, Cida

Ano: 2013

Deixe uma resposta