Enciclopédia para formar leitores: a cultura na gênese do Caderno de Sábado do Correio do Povo (Porto Alegre, 1967-1969)

A presente dissertação problematiza a noção de cultura presente na gênese do Caderno de Sábado do Correio do Povo, considerando o caráter enciclopédico do suplemento e sua pretensão de formar culturalmente o leitor. O Caderno de Sábado começou a circular em 30 de setembro de 1967 e era vinculado ao jornal de maior importância no Rio Grande do Sul no decorrer do século XX, o que conferia prestígio ao encarte e aos que nele publicavam. Para poder aproximar-se da noção de cultura do suplemento, utiliza-se a Análise de Conteúdo (AC), registrando os autores, os temas, as referências temporais e geográficas dos ensaios e artigos publicados, além do número de crônicas, poemas, contos e outros textos literários. Uma pesquisa bibliográfica sobre o fim dos anos 1960 é utilizada para contextualizar o suplemento em sua gênese. Além disso, técnicas de história oral temática servem de base para entrevistas com cinco dos colaboradores mais frequentes: Armindo Trevisan, Carlos Jorge Appel, João Carlos Paixão Côrtes, José Hildebrando Dacanal e Renato Gianuca. Esse procedimento visa iluminar o processo produtivo da publicação. O corpus da pesquisa exploratória é formado pelas 111 edições do suplemento veiculadas entre 30 de setembro de 1967 e 27 de dezembro de 1969. Ao final da análise dos textos registrados, chegou-se aos seguintes resultados: Clarice Lispector, Mario Quintana e Herbert Caro são os autores com mais textos publicados; Literatura, História e Música são os temas mais frequentes em ensaios e artigos; o Rio Grande do Sul é a referência de lugar mais presente, ainda que haja diversidade nacional e internacional; há uma proeminência do tempo presente, ainda que este seja alargado para abranger temas de anos anteriores e, muitas das vezes, para os assuntos serem abordados em perspectiva história. A partir da AC foi possível, ainda, formular um conjunto de inferências sobre o suplemento que permitem perceber seus principais traços e a noção de cultura por ele destacada: (a) a cultura ganhou nova dimensão no corpo do Correio do Povo a partir da publicação do suplemento; (b) o Caderno de Sábado se coloca como um mediador entre a produção cultural e seu leitor; (c) há um contrato comunicativo do suplemento com o seu público; (d) o caráter enciclopédico e formador transparece na temática abordada e no discurso do suplemento sobre si; (e) percebe-se uma preferência pelas expressões artísticas canônicas e engajadas política e esteticamente; (f) o suplemento faz parte de uma rede de sociabilidade que reúne intelectuais sul-rio-grandenses de diferentes gerações; (g) o Caderno de Sábado valoriza o local ao mesmo tempo em que procura atualizar Porto Alegre com o pensamento nacional e internacional; (h) atualidade e resgate histórico se alternam nos textos; (i) o suplemento segue a referência histórica de seus antecessores do centro do país tal como se configuraram nos anos 1950.

Download

Dissertação de Mestrado

Autor: CARDOSO, Everton Terres

Orientadora: GOLIN, Cida

Ano: 2009

Deixe uma resposta