Revistas, design editorial e retórica tipográfica: a experiência da revista Trip (1986-2010)

A pesquisa tem como objeto de estudo a revista Trip, publicação representativa da tendência de segmentação das revistas brasileiras ocorrida partir da década de 1980. O período avaliado (1986-2010) contempla fases distintas correspondentes a três projetos gráficos. O objetivo principal é analisar as propostas tipográficas utilizadas, verificando em que medida as estratégias retóricas empregadas configuram materialmente orientações do projeto editorial e comercial, conformando a identidade do periódico. Interessa-nos considerar aspectos convencionais e inovadores relacionados à noção de legibilidade, ao tensionamento entre o verbal e o visual presente na tipografia. A metodologia adotada consistiu em pesquisa bibliográfica que estabeleceu os fundamentos teóricos e categorias para análises de ordem quantitativa e qualitativa, e baseou-se em autores como, Lupton, Zappaterra, Meggs, Bringhurst, Gäde, Gruszynski e Ali, entre outros. A análise quantitativa deu-se verificando, em um exemplar anual, variáveis especificadas em seções que constituem estratégias tipográficas diferenciadas: textos longos, curtos e capa. Dessa amostra, extraíram-se leiautes exemplares para a análise qualitativa, buscando aprofundar o que os indicadores numéricos apontaram. Verificou-se que o design editorial, ao enunciar estratégias editoriais e comerciais por meio da configuração de elementos gráficos sobre o suporte, evidencia seu caráter mediador. As diferentes possibilidades de articulação da retórica determinam distintos padrões de legibilidade, buscando adequar-se ao público a que se dirige. Cada projeto demandou um grau de equilíbrio específico entre inovação e tradição, coautoria e transparência. Há, em nosso objeto, a aproximação a um modelo onde a sobrevivência comercial assume relevância. Observou-se que opções de leiaute efetivamente funcionais no passado foram resgatadas, o que não significa que conquistas do rompimento com o modernismo tenham sido descartadas no periódico analisado.

Download

Dissertação de Mestrado

Autor: FETTER, Luiz Carlos

Orientadora: GRUSZYNSKI, Ana Cláudia

Ano: 2011

Deixe uma resposta