Jornalismo, sistema artístico e cidade na década de 1950: estudo das Notas de Arte de Aldo Obino no jornal Correio do Povo

Este artigo discute a relação entre jornalismo, sistema artístico e cidade a partir do estudo das Notas de Arte, coluna assinada pelo jornalista Aldo Obino (1913-2007) e veiculada no Correio do Povo, um dos principais jornais de Porto Alegre (RS) no século XX. Considerando que o jornalismo destaca e hierarquiza eventos, sujeitos e espaços do sistema de cultura, reforçando ou tensionando valores da arte e do gosto, esta pesquisa buscou identificar o mapa do circuito artístico da cidade proposto pela coluna na década de 1950. Por meio da análise de 314 textos publicados no período, percebemos que o jornalista fez parte de um coro de exaltação à metrópole. Assumindo a proximidade como principal critério jornalístico, registrou em detalhes a transformação e a institucionalização do sistema de artes; estimulou a participação de jovens artistas e coletivos; e defendeu o intercâmbio com outras capitais como condição decisiva para superar determinadas expressões artísticas e o provincianismo local.

Tipo de Publicação:

Data de Publicação: 
2015